Wilson Aragão Um Filósofo Da Boa Cultura Nordestina

News3

O homenageado de hoje do A Arte Do Meu Povo!” é uma pérola encrustada no sertão baiano. Wilson Aragão, é um Poeta/ Compositor/Cantador/ Filósofo da Cultura Popular Brasileira, Nordestina e Baiana.


O site oficial do cantandor, http://wilsonaragao.art.br/home/, traz as seguintes palavras sobre Wilson:


Wilson Oliveira Aragão (25 de abril de 1950) é um cantor e compositor brasileiro. Com quase 40 anos de carreira, cinco discos lançados e músicas gravadas por grandes artistas nacionais e internacionais, é autor de pérolas do cancioneiro nacional como “Capim-Guiné”, “Mosaicos”, “Guerra de Facão” e “Sertões e Sertões”. A sua história é celebração às raízes do nordeste e, também, lembrete para a importância da música nordestina no cenário nacional.

Nascido na cidade de Piritiba/BA, no piemonte da Chapada Diamantina, começou cantando na adolescência em corais de igreja e de colégio. Já neste tempo, se achava diferente por gostar de músicas, estilos e ambientes proibidos por sua família, que era evangélica, e por já sentir a veia artística se manifestando por meio de poesias, pinturas e músicas. Com a separação dos pais foi para São Paulo, trabalhar e fazer faculdade, mas continuou compondo e escondendo as músicas. A arte ficou escondida nos seus cadernos até criar coragem de mostrar aos amigos mais próximos, que o encorajaram a mostrar as composições aos artistas da época. Com a gravação de Raul Seixas, Capim Guiné foi sucesso em todo Brasil. A partir daí Aragão ganhou o mundo fazendo shows e divulgando seus trabalhos em rádios e televisões.

A sua música fala, principalmente, do homem do campo, suas lutas e anseios, seus amores e dissabores. Seus ritmos passeiam por baladas, xotes, martelos, galopes e canções. Tem como Pátria o sertão baiano, inspiração do seu cancioneiro, sempre voltado para a dignidade, humildade e sapiência do sertanejo. Aragão já faz parte do grande São João e cantorias pelo sertão brasileiro, tornando-se parte da vida poética do Nordeste. Em seu vasto trabalho, já teve parcerias com grandes nomes da música brasileira, como o inesquecível Raul Seixas com a canção “Capim Guiné”, título do seu primeiro disco.

Este poeta-cantador faz as suas andanças, sempre irreverente, levando consigo vários “causos” que, sempre bem contados, despertam no povo o sentido alegre da vida após um dia de batalha e é respeitado por todos os cantadores pela grande luta por uma música de qualidade. Wilson Aragão é casado com Mirian e possui três filhos: Pedro, Wilson Filho e Rui.”

E Viva " A ARTE DO MEU POVO"!!

Deixe seu comentário